“Tell em that is my birthday” Sobre ter feito 18 anos..

Oi gente bonita, tudo bem com vocês? Voltei pra dizer que o blog não morreu, ele só tá passando por várias transformações causadas pelas pressões de ser “adulto” e de entrar na faculdade. Vem comigo descobrir o que tá acontecendo e o que vai mudar daqui pra frente.

Dia 14 de março eu fiz 18 anos. Fazia tempos que eu tava esperando por isso, ser maior de idade, não ser barrada nas festas legais e poder fazer as coisas que eu já faço mas legalmente. E com os 18 anos a bad chegou e ainda não foi embora: encarar a vida “adulta” e entrar na faculdade. Pra quem ainda não sabe eu quero fazer jornalismo (já falei disso algumas vezes aqui), em uma faculdade bem especifica e particular, sendo assim eu tenho que estudar muito para conseguir uma bolsa por mérito ficando em 1º lugar.

Assim como eu, várias pessoas também almejam esse primeiro lugar para frequentarem a faculdade de graça, então eu estou dando o meu melhor no curso para conseguir esse feito, e como consequência o blog foi deixado de lado. Pensei muito como ia fazer: se ia abandonar o blog permanentemente (como já fiz antes), ou se ia continuar. Decidi continuar.

Tem tanta coisa que eu gosto aqui, tem tantos blogs que eu gosto de acompanhar que acompanham o meu também, tanta gente legal. É obvio que não vou postar mais como antigamente, mas sempre que sobrar um tempinho eu vou dar uma passadinha aqui curtir e comentar nos meus blogs preferidos e dar uma olhadinha nos novos.

Uma coisa que me surpreendeu foi que eu continuei a ganhar curtidas e seguidores, isso foi outro fator para que eu continuasse na blogsfera. Vocês são tri!

Já to pensando em uns posts loucos aqui, mas me falem de vocês, o que vocês andam lendo e vendo? No momento eu só to por leituras obrigatórias e de vez em quando Brooklyn 99 (essa série é meu Happy Place).

Até a próxima guris e gurias!


 

Se vocês gostaram, curtam a página no facebook e sigam o blog no bloglovin ❤

O trio preferido de Shonda Rhimes

Quem é viciado em séries assim como eu conhece a Shonda Rhimes. Amada por uns e odiada por muitos, ela é a verdadeira rainha da ABC, tem uma sequência dos seus três produtos mais lucrativos todos vão ao ar as quintas no canal. Dona do Shondaland, pioneira das novelas, vamos falar sobre essas três novelas séries dela: Greys Anatomy, Scandal e How to Get Away with Murder

Grey’s Anatomy é um drama médico norte-americano exibido no horário nobre da rede ABC. Seu episódio piloto foi transmitido pela primeira vez em 27 de março de 2005 nos Estados Unidos. O folhetim é protagonizado por Ellen Pompeo, interpretando Dra. Meredith Grey, residente do fictício hospital cirúrgico Seattle Grace, em Seattle, Washington, um dos programas de residência em cirurgia médica mais rígidos do país. A série é focada nela e seus colegas, também internos: Cristina, Izzie, George e Alex, mostrando suas vidas amorosas e as dificuldades pelas quais passam no trabalho.


Grey’s foi a minha última experiencia Shonda, mas é a primeira dela. Grey’s Anatomy é tudo que uma novela é: tem drama, tem família desaparecida que retorna, tem tapa na cara, tem morte… Graças a Netflix comecei a assistir a série, (já tinha assistido mas não me lembrava muito) e sim a primeira temporada é incrível. Tu sente uma coisa boa assistindo aos primeiros episódios, mas conforme vai passado os episódios tu vê que não tem nada de revolucionário ali. Parei na terceira temporada, e tenho planos pra voltar a assistir mas não sei quando.

scandalUma ex-consultora de mídia do Presidente, Olivia Pope (Kerry Washington) dedica sua vida a proteger e defender as imagens públicas da elite americana, resolvendo problemas antes que o mundo saiba que eles já existiram. Depois de deixar a Casa Branca, ela abre sua própria empresa, na esperança de iniciar um novo capítulo – tanto profissionalmente como pessoalmente – mas ela parece não conseguir cortar completamente os laços com seu passado.


Scandal é o meu bebê, foi a primeira série da Shonda. A Netflix também me ajudou nessa de ser a próxima Olivia Pope (não eu não vou cursar direito). Eu comecei Scandal vendo dois episódios seguidos e depois não vi por um tempo, mas quando me apeguei mesmo já estava assistindo uns 6 por dia. A segunda temporada é a melhor de todas, e assim como Grey’s Anatomy é uma grande novela, mas dessa vez é um drama politico ao invés de ser um drama de hospital.

how to get away with murderHow to Get Away with Murder segue a vida pessoal e profissional de Annalise Keating, uma professora de Direito Penal da fictícia Universidade de Middleton, na Filadélfia, uma das mais prestigiadas Escolas de Advocacia na América. Uma advogada de defesa, Annalise seleciona um grupo dos seus melhores alunos em sua turma da universidade para trabalhar em seu escritório. São eles: Connor Walsh, Michaela Pratt, Asher Millstone, Laurel Castillo e Wes Gibbins.


O último e mais recente sucesso da Shonda, essa série veio pra fazer todo dia uma season finale. Comecei a acompanhar a série dois dias apos o piloto. A internet explodiu com esse episódio e quem acompanha ou viu pelo menos um episódio sabe o porque: em todo episódio tem uma revelação. Tem a maior diversidade da tv, tem negros, latinos, gays, bissexuais e brancos. E grande parte desse sucesso fica pra Annalise Keating interpretada pela maravilhosa Viola Davis. Ela é personagem mais complexa que eu já vi, e a Viola faz isso com uma elegância que muitas ainda sonham em conseguir.

Eai vocês gostaram desse post? Vamos ter mais posts sobre séries aqui no blog. Qual dessas é preferida de vocês?


Se vocês gostaram, curtam a página no facebook e sigam o blog no bloglovin ❤

 

As melhores amigas da ficção

Adivinha quem teve uma nova ideia pro blog? Essa vai ser uma nova coluna aqui do blog, o famoso TOP 5. Pra começar essa coluna maravilhosa, vamos falar sobre amizade. Amizade é coisa mais importante, principalmente a amizade entre mulheres. Desde pequenas somos ensinadas a brigar com as outras por causa da aparência mas principalmente por causa de homem, e é tão bom ver duas mulheres se dando bem. Uma amizade em que as duas desejam o melhor uma pra outra sem segundas intenções.

5º Blair e Serena (Gossip Girl)

gossip girl

Eu sei que parece contraditório sendo que sempre que elas tinham chance elas se atacavam mas elas sempre, SEMPRE estavam juntas quando a barra pesava de verdade. Desde de falsa gravidez até o “eu matei um cara”. Por terem crescido no mundo da alta sociedade do Upper East Side, elas não tinham quem confiar ou quem recorrer a não ser uma a outra. Independente das palavras que foram ditas, elas sempre deram a volta por cima e recuperaram a amizade mas badalada da cidade de New York.

4º Hanna e Emily (Pretty Little Liars)

pretty little liars

Pretty Little Liars tem vários problemas de narrativa, mas a única coisa que eles sempre souberam como fazer foi as amizades, principalmente a da Hanna e da Emily. Elas sempre estiveram ali uma pela outra nos momentos mais difíceis e nos raros e bons momentos. Hanna encorajou a amiga a se assumir, alegando que não importa se ela namora meninas ou meninos. Já enfrentaram os piores tipos de pessoas, isso sem nunca deixar a amizade morrer.

3º Allison e Lydia (Teen Wolf)

teen wolf

O relacionamento mais bem desenvolvido de Teen Wolf: Allison Argent e Lydia Martin. Da primeira até a terceira temporada, ela construíram um relacionamento solido, onde não só cresceram como amigas, mas como indivíduos. Lydia era diminuída pelo próprio namorado, escondia a sua inteligencia para fazer ele parecer o superior, e a Allison a ensinou que ela não precisava fingir ser burra só por causa dele.

2º Donna e Jackie (That 70’s Show)

that 70s show

A amizade com as duas com os outros meninos também era incrível mas a das duas. Jackie era uma pessoa superficial, rica e insuportável no incio da serie e a Donna sempre foi pé no chão, pobre, a melhor amiga do mundo. Clichê não? Mas é tão gostoso ver a Jackie se tornando uma pessoa melhor. A série tem ótimas cenas a respeito da igualidade de gênero defendida por Donna durante toda a série.

1º Lady Mary e Anna (Downton Abbey)

downton abbey

Sabe aquela amiga que tá contigo em todos os momentos? Então é assim que podemos definir a relação das duas. Uma relação um tanto quanto incomum, uma Lady e sua criada que tem um relacionamento em que as duas se respeitam e sempre veem o melhor uma a outra. Downton Abbey é a minha série dramática preferida, e junto com aquele enredo incrível eu ganhei de brinde a melhor amizade da ficção.

Eai, vocês gostaram da lista? Menção honrosa à Monica, Phobe e Rachel de Friends e Lynette, Gabrielle, Bree e Susan de Desperate Housewives.


 Se vocês gostaram, curtam a página no facebook e sigam o blog no bloglovin ❤