TAG | 8 Coisas

Essa é a segunda Tag que eu sou indicada aqui no blog, a primeira eu fiz ano passado, a Tag das 7 coisas. Elas consistem praticamente na mesma coisa, várias perguntas com oito respostas cada. Desa vez quem me marcou foi a Thaís do A Full Time Reader, o blog dela é a coisa mais linda, e vocês devem das uma olhadinha. Bem, vamos a Tag:

8 COISAS PRA FAZER ANTES DE MORRER

  • Fazer um photoshoot igual esse da Sasha Pieterse
  • Assistir mais de um filme no cinema no mesmo dia
  • Comer as pizzas que eu sempre recuso no rodizio
  • Fazer intercambio
  • Morar em New York
  • Me formar em Jornalismo
  • Trabalhar como com comunicação
  • Dividir um apartamento com uma amiga

8 COISAS QUE EU AMO

  • Pipoca natural com sal da Yoki
  • Cinema na segunda pagando meia entrada
  • Família e amigos
  • Blogs organizados
  • Azul, prata, preto, branco, dourado e vinho
  • Moda
  • Livros de capa dura e livros em geral
  • A sensação de descobrir coisas novas e novas histórias

8 COISAS QUE EU FALO

  • If I had a mic right now, I’d drop it
  • Sério isso?
  • Eu não tenho tempo pra isso
  • Caraca Moleque, que dia, que isso
  • Não!
  • Não acredito nisso
  • Aff!
  • Essa temporada foi horrível!

8 MAKES/ROUPAS

  • Jeans
  • Blusas básicas
  • Tênis
  • Casaquinhos
  • Batons
  • Delineador
  • Rímel
  • Esmaltes

8 COISAS/OBJETOS QUE NÃO VIVO SEM 

  • Meu Notebook
  • Brincos
  • Meu anel de 15 anos
  • Objetos de papelaria
  • Perfume
  • Netflix
  • Amigos e família
  • Minha cama

8 BLOGS PARA RESPONDER ESSA TAG

Anúncios

Feita de Fumaça e Osso – Laini Taylor

feita de fumaça e osso, 2016 Sinopse: Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu.  Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo. O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho.


Finalmente embarquei em uma nova aventura literária. A última coisa que eu tinha lido foi o Fantasma de Anya, mas não era algo que precisasse tanto da minha atenção quanto esse livro. Feita de Fumaça e Osso foi uma indicação do Geek Freek (canal do Youtube), e eu fiquei tão fascinada quanto ele, eu nunca tive o prazer de ler um livro como esse. Ate agora.

Esqueçam tudo que vocês tem como primeiro livro de uma nova trilogia/saga: ele não é nada disso. O livro conta a história dessa menina, a Karou, uma menina que não sabe qual seu passado, não tem a menor ideia de quem são seus pais, e como ela foi parar no covil de um demônio. E de quebra ela tem o trabalho mais estranho do mundo, ela coleciona dentes, SIM dentes, de todos os tipos e tamanhos. Karou estuda na escola de artes em Praga, tem uma melhor amiga e carrega uma tonelada de segredos.

Esse livro foge do padrão a cada pagina que você lê. No começo eu pensei que ia ser mais um copia disfarçada com uma boa escrita, mas ainda bem que estava errada.

O livro conta com poucos personagens e te da um tempo pra acostumar com todos eles, (vocês não sabem a raiva que me da de livro que não apresenta eles direito e joga eles em uma situação só pra ter “emoção”, um livro no minimo tem que ter um bom desenvolvimento de personagem) mas é a história da Karou. É claro que não pode faltar o interesse amoroso, no caso o Akiva, ele é encantador (sempre imagino ele como o Matthew Daddario), charmoso, e perigoso.

Outro ponto positivo do livro é a liberdade para falar de sexo. 99,9% dos livros YA não conseguem falar de sexo abertamente. Os personagens nunca fizeram, então além de não falarem sobre isso, a tão esperada “primeira vez” é posta em um pedestal em que sempre é comentada, mas nunca discutida com naturalidade. Por mais livros assim.

Admito que tive meus problemas com o livro, na primeira cena do livo inclusive pensei que estava lendo alguma fanfic mas depois ele foi melhorando e o mistério pra descobrir porque ela é Feita de Fumaça e Osso se torna eletrizante, e você lê até não aguentar mais de tanta curiosidade. Todas as minhas teorias foram por terra (bom não todas) e no final do livro, e a necessidade pela sequencia só aumenta.

A leitura fluí assim que você pega o ritmo e entra nesse mundo de fantasia. Algumas partes do livro são confusas, mas fora isso e o que citei no outro paragrafo, o livro é ótimo. Dei 4/5 no skoob.


 Se vocês gostaram, curtam a página no facebook e sigam o blog no bloglovin ❤

 

Sobre o primeiro mês do ano – 1/12

Oi, pois então eu estava com saudades daqui… Vamos falar um pouco sobre o mês de janeiro?

Janeiro nunca foi o meu mês preferido, ele não entra nem em um Top 5. Esse primeiro mês do ano sempre foi a minha classificação de férias, um momento que eu sempre tive para relaxar antes das aulas começarem, um estado de preguiça e procrastinação total. Mas esse ano foi diferente. Pela primeira vez, eu não vou voltar para a escola em fevereiro/março, e eu ainda não me acostumei com isso. Essa é a pior parte de terminar o ensino médio…

MASSSS, vamos falar das coisas boas, as coisas que eu fiz esse mês que valeram (ou não) a pena..

janeiro

  1. A série mais realista de todas: Black Mirror. Comecei e ver  por causa de um amigo mas sempre tive vontade, tanto que ela já estava a muito tempo na minha lista. É uma série do Channel 4 e da Netflix, que conta com 3 episódios por temporada e um especial de natal. Ela é uma releitura inglesa da série americana de sucesso The Twilight Zone. Ela é deliciosamente amarga e verdadeira, vocês deveriam dar uma chance. Uma outra hora eu volto a falar dela.
  2. A 2ª temporada de Brooklyn 99: Na verdade eu to fazendo um rewatch, (sim, como se eu não tivesse nada pra fazer) e eu nunca estive mais feliz. Essa série é o meu happy place, ela é uma das minhas séries preferidas de comédia. Eu ainda não conhecei a terceira temporada, mas assim que der (assim que ela chegar na Netlfix) eu vou me atualizar.
  3. Guilty Pleasure: Eu já falei aqui no blog sobre Shadowhunters, e ela foi uma das piores/melhores coisas que aconteceram nesse mês. Sim, os efeitos são horríveis, e sim a atuação do casal principal é terrível , mas tão bonito o rosto da Emeraude aka Isabelle Lightwood. Ela o Alec e o Simon fazem valer a pena. E o fato de estar na Netflix ajuda bastante.
  4. A melhor HQ da vida: Não necessariamente da vida, mas a melhor do mês. O Fantasma de Anya veio em um momento que eu estava precisando de algo diferente.  Eu tinha vindo de duas leituras horríveis e esse livrinho me deixou extremamente feliz!
  5. A Netlix é a minha melhor amiga: Vocês já ouviram falar de Desperate Housewives? É a melhor perda de tempo desse janeiro. Eu vi episódios todos os dias, em média 7, sim SETE, episódios por dia. Teve uma semana que eu vi duas temporadas…
  6. Os rolês da vida: Esses dias eu sai com umas amigas e tirei essa selfie maravilhosa de um angulo que eu não consumo tirar e me senti maravilhosa!! E eu estava usando essa cropped que eu comprei no natal/minha blusa preferida no momento. Eu tirei umas outras fotinhos bonitinhas, pensando em fazer uma coisa com elas (uns posts especiais com fotos e ect).

Vocês gostaram desse tipo de post? Eu vi num blog, (que agora não me lembro o nome) e achei a ideia genial. Tudo que é geninal merece e vai estar nesse blog. Mas sobre vocês, o que vocês estão lendo? No momento eu estou lendo Feita de Fumaça e Osso da Laini Taylor, mas até agora não estou entendendo muita coisa, espero que melhore…


Se vocês gostaram, curtam a página no facebook e sigam o blog no bloglovin ❤